Buscar

A Caju Produções divulgou nesta terça-feira (13) o resultado final do Concurso Geração MoV.Cidade com os melhores roteiros e vídeos inscritos. Os dez melhores vídeos participam de uma Mostra Online na próxima terça-feira (20). Os dez melhores roteiros/argumentos recebem um certificado de premiação. Os cinco primeiros lugares de cada categoria recebem ainda um prêmio de R$ 500.


O Concurso Geração MoV.Cidade é uma realização da Eva Comunicação, em parceria com a Caju Produções. O concurso utiliza recursos federais da Lei Aldir Blanc, por meio do apoio da Secretaria da Cultura do Espírito Santo (Secult-ES).



Vídeos Selecionados

1º- Samara Caetano Borges - Menina Menina

2º- Moreno Loss Gomes - Desconectar Vídeo

3º- Thauan José Pastrello Silva - Entre paredes

4º- Assiria de Monclayr Polete Calazans Salim da Silva - Mulheres e Sustentabilidade

5º- Rodrigo Pablo Vieira- Vitória - Laura pelo olhar de Pablo

6º- Ignez Capovilla Alves - Prova de Contato

7º- Julio Cezar Alves de Melo - Construção

8º- Hecthor Murilo Breda Ribeiro - João Bananeira Empresarial

9º- Louisy Hyannis Silva Carvalho - Descansos

10º- Rucka de Lacaia - Valsa de La Bysha Loka

Suplentes:

11º- Maria Luzia Teixeira Ramos Galancha - Florescer Poesia

12º- Ricardo Antonio da Silva - MC Pica Pau

13º- Jackson Garcia - Sustentabilidade Urbana

14º- Alex Bonini Muller - Admirável Carriola Nova


Roteiros/Argumentos Selecionados

1º- Alex Bonini Muller - Nove de Setembro

2º- Esther Almeida Borges, Rayssa da Silva Henrique e Rhuan Deccottignies Magalhães - Manante

3º- Geovana Silva Bernadina - Oximoro

4º- Franciany Marçal Assis Barros - Nossa Casa

5º- Ângelo Freitas Ruy - Emborrachados

6º- Vitor Taveira Rocha - A Terra Cultiva a Gente

7º- Lara Macedo Schiefelbein - Cidade de Água

8º- Arthur Navarro Montanhese de Lima - Vimana Voyage

9º- Ronan Aguiar de Freitas - A Cidade

10º- Bianca Gomes da Silva Matias - A Importância em Meio ao Caos

Suplentes

11º- Marcelo Braga Roberto de Oliveira - Hoje não é o último dia

12º- Gabriel dos Santos Lopes - Eu Sinto Você Distante

13º- Luiz Carlos da Silva - Arquimedes

14º- Sthefany Rodrigues de Brito Silva - A Fome

15º- Marcelo Braga Roberto de Oliveira - Love Lights

1 visualização0 comentário

As linhas coloridas que formam desenhos e contam histórias. Esse trabalho de entrelaçar a agulha e as linhas, realizado há gerações pelas bordadeiras de Burarama, vai virar livro e uma exposição online nas mãos do projeto Bordei, realizado pela Caju Produções em parceria com a Associação de Moradores de Burarama, sediada em Cachoeiro de Itapemirim (ES).

Crédito: Mariângela Grillo Fassarella

A 1ª Mostra de Bordados & Memórias de Burarama ocorre por meio do Instagram das Meninas Bordadeiras de Burarama no endereço @bordadeirasdeburarama, a partir desta segunda-feira, 5 de abril. A mostra trará 38 bordados realizados pelas Meninas Bordadeiras de Burarama, que foram selecionados para o Bordei. Para acompanhar, basta seguir a página e conhecer mais do trabalho e história dessas mulheres. O livro do Bordei está previsto para o início de maio e vai trazer bordados e histórias de 34 bordadadeiras.


O Bordei recebe apoio da Lei Aldir Blanc, por meio da Secretaria da Cultura do Espírito Santo (Secult) e da Secretaria Especial da Cultura via Ministério do Turismo do Governo Federal.



Bordados

O entrelaçar silencioso das linhas com a agulha é um verdadeiro retrato da identidade cultural dessas mulheres que, por meio dos tecidos, comunicam, registram e representam suas histórias, memórias, vivências e cenas do cotidiano, tão importantes para a preservação e valorização da cultura local.


Os bordados retratam cenas marcantes da vida dessas mulheres, como início de namoro, piqueniques em família, encontros da comunidade, retratos da fé, entre outros temas.


O grupo Meninas Bordadeiras de Burarama, sob este nome, completa 16 anos em 2021, mas o projeto de ensinar bordados à comunidade já existe desde 1973, uma cultura local que ultrapassa gerações. Hoje, o grupo conta com mulheres de todas as idades.


Segundo a bordadeira Mariângela Grillo Fassarella, uma das criadoras do grupo, esta é a primeira vez que as Meninas Bordadeiras de Burarama vão expor os trabalhos online. "Os bordados contam sobre nossas vidas, de cada particularidade nossa. São memórias e lembranças de momentos que vivemos entre risadas e choros. Eternizar isso na mostra online e no livro será um marco no coração das pessoas", afirmou Mariângela.


Crédito: Renata Pancini Grillo

Caju Produções

A Caju Produções foi fundada em 2001 e atua em quatro pilares: música, cinema, arte e memória, tendo como especialidade a realização e produção de eventos e de ações de cunho artístico, social, educacional e ambiental no contexto da cultura em suas mais diversas esferas de conhecimento. Realiza ainda outras importantes ações na área cultural, como os festivais Cine.Ema e o MoV.Cidade.


Meninas Bordadeiras de Burarama

Formam um grupo de mulheres do distrito de Cachoeiro de Itapemirim (ES), que se uniram com o objetivo de passar conhecimento e formação para crianças em aulas semanais realizadas na escola da comunidade. A turma de bordado é formada por crianças e adolescentes com idades variadas. Elas aprendem primeiro os pontos de bordado, fazendo um paninho de amostra com variados pontos: atrás, haste, corrente, nó português, palestrina, nó francês, sombra, anzol, espinho, margarida, etc. O propósito do grupo é transformar a realidade social, bordando produtos que possam ser exportados e vendidos, gerando renda.


Associação dos Moradores de Burarama

Existente desde 1955, a entidade atua de forma a trazer a união dos moradores e a unificar os trabalhos em prol da comunidade do distrito. Atua ainda no auxílio às pessoas carentes do local e no apoio à projetos como das Meninas Bordadeiras de Burarama, Café Amigo com os Idosos, entre outros.


Serviço

1ª Mostra de Bordados & Memórias de Burarama

Quando: A partir de segunda-feira (5 de abril)

Onde: No instagram @bordadeirasdeburarama


Assessoria de Imprensa:

Ricardo Aiolfi | (27) 98149-8427

comunica.caju@gmail.com

321 visualizações0 comentário

São os últimos dias para os interessados inscreverem seus vídeos e/ou roteiros/argumentos no Concurso Geração MoV.Cidade. As inscrições vão até esta sexta-feira (2) e podem ser feitas por meio do link: https://linktr.ee/movcidade .


Ao todo, serão selecionados dez trabalhos de cada categoria: a) Vídeo; b) Roteiro/Argumento. Os trabalhos em vídeo selecionados serão divulgados em uma Mostra Online, por meio das redes sociais e do site da Caju Produções e do MoV.Cidade. E mais: Os cinco melhores trabalhos de cada categoria serão premiados com R$ 500 em dinheiro.


O Concurso Geração MoV.Cidade é uma realização da Eva Comunicação, em parceria com a Caju Produções. O concurso utiliza recursos federais da Lei Aldir Blanc, por meio do apoio da Secretaria da Cultura do Espírito Santo (Secult-ES).


Quem pode se inscrever

Podem se inscrever os interessados que tenham entre 14 e 60 anos de idade, profissionais ou não, moradores de qualquer cidade do Espírito Santo, tendo preferência àqueles que residirem nos municípios no entorno do Rio Doce, tais como Baixo Guandu, Colatina, Marilândia e Linhares.


O concurso aceita vídeos de até cinco minutos, feitos preferencialmente por dispositivos móveis e editados em apps gratuitos de edição de vídeo. A linguagem audiovisual também é livre. Já os roteiros podem ter até 10 páginas e os argumentos até uma página.


Oficinas Online

Os interessados em participar ainda contam com uma ajuda dos cineastas Monica Nitz e Ricardo Sá que gravaram oficinas dando dicas para colocar suas propostas em prática. As oficinas estão disponíveis no YouTube da Caju Produções. Monica explica sobre o fazer audiovisual na Oficina de Vídeo, enquanto Ricardo Sá fala sobre roteiros/argumentos para documentário e ficção. Para acessar, clique aqui: https://linktr.ee/movcidade.


MoV.

O Concurso faz parte da terceira edição do MoV., um movimento que surgiu em 2018 como uma mostra de criatividade e sustentabilidade que pauta a dinâmica nos centros urbanos em linguagem de cinema, música, performance, fotografia e debates temáticos, além de outras atividades de formação artística e cultural.


O MoV. se propõe a provocar a relação das pessoas com os territórios em que habitam e pautar temas como: mobilidade urbana, ocupação e esvaziamento de espaços públicos, novas tecnologias, economia criativa, processos participativos, protagonismo de comunidades, representatividade urbana, cidade e consumo, o corpo na cidade, cidades humanas e inteligentes.


Produtoras

O Concurso Geração MoV.Cidade é fruto da parceria das produtoras culturais Eva Comunicação e Caju Produções. A Eva Comunicação é uma produtora cultural criada há 17 anos com foco em projetos e ações educativas, que trabalhem comunicação e artes. A Caju Produções foi fundada em 2001 e atua em quatro pilares: música, cinema, arte e memória, tendo como especialidade a realização e produção de eventos e de ações de cunho artístico, social, educacional e ambiental no contexto da cultura em suas mais diversas esferas de conhecimento.


Serviço

Últimos dias de inscrição no Concurso Geração MoV.Cidade – Vídeo & Roteiro ou Argumento

Prazo: Até 2 de abril

Regulamento, inscrições e oficinas: https://linktr.ee/movcidade

Categorias: a) Vídeo; b) Roteiro ou Argumento.

Classificação: Os dez melhores de cada categoria

Premiação: R$ 500 para os cinco melhores de cada categoria

Realização: Eva Comunicação e Caju Produções, com recursos federais da Lei Aldir Blanc


Assessoria de Imprensa:

Ricardo Aiolfi | (27) 98149-8427

comunica.caju@gmail.com

2 visualizações0 comentário

from Caju Produções 2020

Rua Aleixo Neto, 636, fundos, Praia do Canto

- Vitória - ES CEP: 29.055-260